segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Tudo sobre dores nos joelhos e as principais doenças




Saiba como prevenir e tratar problemas de artrose, ligamentos e estalos nos joelhos, aprendendo métodos de fisioterapia e conhecendo melhor os tipos de tratamento.


Quem nunca sentiu uma dorzinha no joelho. Ela pode até ser suportável, mas os incômodos, se não tratados, podem virar grandes problemas no futuro. Foi pensando nisso que o Proporção de Vida elaborou um texto informativo, baseado em diversos programas e profissionais da área para lhe ajudar.

Primeiro, é preciso saber que dores no joelho são comuns. Elas podem surgir de repente, em virtude de alguma batida, ou com o tempo, devido ao desgaste de cartilagem. Além de saber por que a dor persiste, as pessoas precisam atentar para cuidados com sua saúde, pois o excesso de peso é um dos vilões do joelho.

Segundo o fisioterapeuta Marcelo Abrahão o importante é o diagnóstico precoce do efeito causal da dor, ou seja, o motivo que leva a pessoa a ter dores no joelho. “O principal é encontrar o porquê da dor. Os problemas podem ser dos mais variados, desde uma artrose, que é o desgaste da articulação, até mesmo uma lesão meniscal”.

Diagnosticando as causas da dor, é preciso definir o tratamento adequado. Hoje existe uma série de problemas e também de soluções para eles, que podem ser desde uma simples fisioterapia, até intervenções cirúrgicas. “Os tratamentos são totalmente diferentes. Por isso o diagnóstico dos problemas é sempre fundamental”, salienta Marcelo.

No Brasil, estima-se que 80% dos brasileiros tenham problemas nos joelhos. Para se ter uma ideia, a simples troca de temperatura pode acarretar em dores. Quando o tempo vai de frio para quente ou vice-versa, em um curto período, as pessoas podem ter desconfortos ou, as dores que já tinham, serem intensificadas.

O joelho é uma articulação de carga. Temos o Femur sobre a tíbia. As atividades esportivas em excesso são fundamentais para as dores. Hoje o ser humano vive mais e por isso, as cartilagens desgastam mais.

A postura é fundamental, pois as pessoas podem machucar os joelhos até mesmo sentadas. É preciso que a postura seja a melhor possível. Quando um profissional trabalha em frente ao computador, é preciso medir a altura da escrivaninha, do monitor e escolher a melhor cadeira para que não ocorram problemas.


Principais problemas no joelho

Artrose

A artrose é o desgaste das articulações, nesse caso, dos joelhos. A causa principal desse mal é a obesidade. Ela é um processo degenerativo onde a cartilagem se desgasta, ficando mais fina. Existem casos em que um osso bate no outro. É exatamente aí que o problema se torna maior.

E não são apenas os atletas que possuem problemas nos joelhos. Os jogadores de finais de semana, por não terem uma regularidade nas atividades, também podem ter problemas. O joelho também não foi feito para virar. As torções podem até acarretar em lesões de cruzados.

Tratamentos para artrose


Sabe-se hoje que não existem tratamentos que combatam definitivamente a artrose. Ela é um processo lento e as vezes, irreversível. O que se faz é o programa que diminui a dor e não deixa o problema evoluir.

Para escolher um tratamento, as pessoas precisam ir ao médico. Ele irá identificar o problemas e seguir o protocolo terapêutico. Casa caso tem suas especificidades e é preciso levar em consideração a gravidade da situação, o numero de articulações afectadas, a natureza dos sintomas, a idade do indivíduo e suas ocupações e atividades diárias.

Existem também medicamentos que podem frear as dores e minimizarem os problemas. Porém eles só podem ser sugeridos pelos médicos capacitados.

Tratamento de transplante de cartilagem

O Transplante de cartilagem consiste na retirada de uma cartilagem boa do joelho da pessoa por meio de artroscopia. Ela vai para o laboratório e acontece uma multiplicação das células boas. Assim ela é reimplantada no joelho lesionado. Nem sempre o processo é possível mas quando realizada, os problemas são resolvidos.

Para saber mais sobre a artrose e seus tratamentos, acesse o link:

Problemas no menisco

O menisco é um amortecedor de impactos. Para que o fêmur se comunique com a tíbia, o menisco faz o meio de campo. Quanto os movimentos são intensos ou irregulares, problemas podem aparecer.

Fisioterapia para as dores nos joelhos

Assim como acontece a automedicação, no Brasil, é muito comum o autodiagnostico, ou seja, a pessoa sente dor, identifica porque ela está acontecendo e vai direto a um fisioterapeuta. Esse processo é perigoso. As vezes, o tratamento mais indicado não é a fisioterapia, que pode agravar as dores. Quando sentir constantes dores nos joelhos, vá ao consultório mais próximo e veja a opinião de um especialista.

Problemas nos ligamentos dos joelhos.

As lesões de ligamentos são muito comuns entre os futebolistas, por exemplo. Elas acontecem devido ao excesso e intensidade de atividades físicas. Pode acontecer de duas maneiras, com o estiramento, que é quando ele é esticado demais, mas não rompe e o próprio rompimento, que requer intervenção cirúrgica para plena reconstrução.

Problemas com estalos nos joelhos: Como tratar.

Os estalos, podem ser normais, ou não. O que acontece é que o líquido se acomoda nas articulações e quando movimentamos o corpo, elas vão se ajustando. Quando existe pressão, acontecem os estalos. Eles podem ser normais, mas o alerta é que tudo em excesso faz mal. Quando os estalos são constantes, o indivíduo não deve achar engraçado e, sim, procurar um bom profissional. Nunca é demais ir ao médico e chegar a saúde do organismo.

O Proporção de Vida espera ter tirado muitas dúvidas suas, caro leitor. Agradecemos a leitura e pedimos que deixe seu comentário, contribuindo para que mais pessoas possam saber ainda mais sobre o problema.

Acesse www.facebook.com.br/proporcaodevida e curta nossa página. Lá você encontrará vários materiais e saberá de tudo que a gente colocar de novo aqui no Blog...

Receba por e-mail